Arquitetura no Brasil

DESPERTAR O RESPEITO E CUIDADO TEÓRICO E PRODUTIVO PARA A ARQUITETURA E URBANISMO BRASILEIRO.

CONTEMPORÂNEA maio 31, 2010

ARQUITETURA CONTEMPORÂNEO (dias de hoje)

A herança pós-moderna deixou uma época de muita liberdade e. Se hoje vivemos numa época de tribos, onde cada um vive muito-bem-obrigado com seus princípios, o vale-tudo, porém, já não vale tanto assim. É, no mínimo, politicamente incorreto fazer-se uma arquitetura inconseqüente, que ignore os problemas ambientais, que desperdice materiais e energia, que não se insira no seu contexto, que não tenha rigor na formulação de seus conceitos e princípios de composição, que não se preocupe com a construção de lugares para a vivência e convivência humanas. A arquitetura está muito mais séria e erudita: o estudo de sua história e teoria voltaram a ser prioritários e não se admite a arquitetura sem um pensamento que lhe estruture.

Arquitetura contemporânea abarca todos os movimentos, tendências e técnicas arquitetônicas utilizadas nos tempos atuais.  A tendência mais difundida na arquitetura contemporânea é o pós-Modernismo, que prega a colisão de estilos anteriores e a adoção de assimetria e formas geométricas não-lineares (desconstrutivismo). Bons exemplos desse estilo são a Torre do Banco da China, em Hong Kong, e o edifício sueco Turning Torso.

TURNING TORSO DE SANTIAGO CALATRAVA Fonte: http://www.halfen.pt/t/93_10679.html

Hoje existem duas linhas diferentes, entretanto bem definidas que delineiam o que se tem produzido a arquitetura.

Uma delas é uma linha que trabalha com cor, muita cor nas mais diferentes formas desta, linhas sinuosas e orgânicas e novos materiais, além de continuarem a abusar das releituras do uso do plástico e do polipropileno. A outra linha da arquitetura Contemporânea se baseia na simplicidade e no mínimo ao extremo, uso de muito branco e neutras, concreto puro e aparente e linhas retas. Aliás, é o que mais há, retas, retas, retas e simplesmente apenas o necessário.

BRASIL

Contrariando todas as expectativas e um temor mais ou menos generalizado, como aconteceu no campo das outras artes, a arquitetura modificou os princípios estéticos vigentes, recorrendo a utilização de novos materiais e tecnologias, a partir da estética modernista, pode ser caracterizada por linhas retas, volumes puros, materiais em sua forma natural como o concreto, o aço laminado e o vidro em grandes dimensões. Está vinculada à liberdade, à pluralidade, e a um amplo leque de possibilidades estéticas e tecnológicas, com formas instigantes e espaços inusitados.

A riqueza conceitual da arquitetura contemporânea tem percorrido os mais inovadores pensamentos e tem propiciado à indústria da construção incessantes pesquisas e soluções para atender às mais variadas propostas dos arquitetos. Ao provocar uma sensação diferente do conhecido conceito de leveza, a imaterialidade busca ”sumir” com a estrutura, misturando-a com outros elementos verticais ou quase verticais.

Fundação Iberê Camargo POrto alegre

Fundação Iberê Camargo Porto alegre Fonte: http://anajuliaandrade.wordpress.com/2008/07/11/

Identifica-se como uma arquitetura contemporânea, pelas formas utilizadas para a concepção do espaço. Por suas linhas, a idealização de um espaço público de qualidade, nascendo do lugar em que está inserido.

O desafio da arquitetura contemporânea é perceber as próximas décadas. Temos de criar oportunidades para realizá-la. O desafio já está colocado há algum tempo.

CAPELA de NOSSA SENHORA da CONCEIÇÃO

A Capela está localizada no Recife, foi reformada e transformada no ano de 2005, pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha. Das ruínas de um casarão do século XIX, Paulo Mendes da Rocha e Eduardo Colonelli projetaram uma capela, Localizado em região de clima quente e úmido. Essa reforma foi um exemplo claro de arquitetura contemporânea, aqui o arquiteto buscou inspiração na arquitetura moderna, através da sua forma retangular, predomínio de horizontalidade, cores claras e linhas puras.

Na cobertura foi utilizada uma laje plana de concreto protendido, a qual foi apoiada em duas colunas no eixo longitudinal da nave e está suspensa sobre a área definida pelas paredes antigas.

Possui um fechamento independente de vidro o qual se destaca nas alvenarias de pedra aparente restauradas da antiga construção e que possibilitaram uma arquitetura diferente e contemporânea, fazendo ligação direta com o espaço interno e externo. O coro está suspenso e engastado no pilar junto ao acesso principal. Isso só foi possível através da utilização do concreto protendido, tecnologia utilizada pelo arquiteto na sua obra contemporânea.

Outro elemento importante em ser destacado nessa obra contemporânea, é a utilização de aberturas, tanto no alto junto à laje de cobertura, quanto nas portas formadas por arcos que circundam o local, possibilitando a entrada de ventilação e iluminação natural no espaço interno.

REFERÊNCIA

http://www.vitruvius.com.br/arquitextos/arq066/arq066_00.asp

 

2 Responses to “CONTEMPORÂNEA”

  1. celso de sa Says:

    maravilhoso sem palavras

  2. celso de sa Says:

    muitas vezes passamos e ficamos adimiradissimos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s